Final de semana em Natal/RN.

fevereiro 14, 2017

Olá pessoal! Eu fiquei sumida esses dias, e pelo que disse no início do último post espero que vocês tenham imaginado o porque: durante a semana foi toda uma preparação para a viagem que ocorreu nesse último final de semana. Noventa anos da minha avó, em Natal/RN. E ontem eu até que gostaria de ter feito algum post, porém eu cheguei na segunda pela madrugada, tinha passado o domingo todo na praia e não consegui dormir nada no voo, então vocês imaginam o quanto eu estava cansada, né?

Eu levei a câmera pra viagem, mas acabei não tirando tantas fotos quanto eu imaginei que iria. Por quê? Não sei, estava aproveitando cada pedacinho da minha primeira viagem para fora do estado com meu esposo, e mostrando a cidade para os nossos amigos (Lani e David), matando a saudade das minhas tias, primos e avó e até conhecendo lugares que eu não conhecia. Mas o importante é que tiramos fotos e elas estão nesse post, espero que dê pra vocês captarem o quanto a viagem foi ótima e divertida. Só durante o voo que eu quase não tirei nenhuma foto, pois foi a minha primeira viagem aérea, e também a do meu esposo e dos nossos amigos e estávamos super atentos e animados aí acabei esquecendo. Também estava a noite e obviamente super escuro, não dava pra ver nada fora do avião. 

Chegamos no aeroporto às 21:00h da sexta-feira, o aeroporto não fica dentro de Natal então alugamos um carro e levamos uns 40 minutos pra chegar até a casa da minha avó, quase o mesmo tempo de voo, que é em média 45 minutos. 
Essa foto foi tirada no shopping Midway Mall. Lá eles têm painéis enormes com fotos de locais famosos do mundo todo. Ah, quem dera estar na Europa de verdade! Espero um dia estar, por enquanto foi somente Natal/RN mesmo. Passeamos a tarde no shopping e compramos alguns presentes para minha vó, foi rapidinho esse passeio pois logo voltamos para ajudar na organização da festa de aniversário.
David, Lani, eu e Josivan, meu esposo. 
Eu e minha amada avó. Um amor de pessoa, exemplo de força e garra. Mulher virtuosa e sábia, sorte minha um dia chegar onde ela conseguiu.
A do meio é minha tia, super super divertida e alto astral! Legal foi que para a festa nós fizemos camisas com a foto da minha avó e colocamos "minha avó é uma rainha" no caso dos netos, sendo filhos dela tinha "minha mãe é uma rainha" e tinha os bisnetos também com as camisas e minha avó estava com a camisa "Rainha". Ela já tem alguns tataranetos, mas eles não puderam estar na festa. Depois da festa tentamos sair, mas estava chovendo muitíssimo e acabamos voltando da metade do caminho, o GPS também estava offline e não estava mostrando as avenidas que estava interditadas e estávamos ficando atrapalhados. E vamos continuas que tem mais foto ainda...
No domingo acordamos cedo e fomos para a praia de Pirangi, que fica no município de Parnamirim, lá fica o maior cajueiro do mundo. Ele cobre uma área em média de 9 mil metros quadrados. A safra do caju é mais ou menos entre novembro e dezembro, e ele produz em média 70 a 80 mil cajus, que equivale a 2,5 toneladas. O cajueiro em 1888 e cresceu tanto que seus galhos pesaram e tocaram ao chão, e daí foram criando raízes secundárias e crescendo para os lados. Isso não é comum dos cajueiros, eles crescem para cima mesmo, como aquele exemplo na foto acima, do lado direito. A maior árvore do lado direito superior é um cajueiro (sem fazer parte do tronco principal), eles plantaram esse para servir de comparação ao maior do mundo, ele cresce com um tronco e seus galhos não tocam o chão. E todo ano o maior cajueiro do mundo ainda cresce de dois a quatro metros. Tiramos essa foto de um lugar mais alto, que fica dentro do cajueiro e nos possibilita a ver 80% dessa incrível árvore.
Aqui é o tronco principal do cajueiro, e ao redor todas as suas ramificações. 
Eu não levei a câmera para o passeio de domingo, então nem todas as fotos vão estar 100% nítidas ou com uma qualidade extraordinária, mas o que vale é a intenção, não é? Haha

Descemos mais um pouco e aproveitamos o mar, a melhor parte para todos nós é que não tinha sol. O tempo estava bem nublado, e isso fez com que o sol não queimasse tanto. Quem já visitou alguma praia do nordeste entende o que eu estou falando, o sol queima MUITO!
Pegamos um sentido completamente ao contrário de onde estávamos e fomos para Genipabu. Uma praia lindíssima (uau, muito!). Como eu disse, ainda bem que o dia estava nublado, pois chegamos lá mais ou menos 13h. 
A praia tem um grande complexo de dunas, e isso dá oportunidade a várias atrações: passeio de dromedário, passeio de buggy, acesso a lagoas entre as dunas (aconselhável auxilio de guia), entre outros. Além de uma vista espetacular! 
Praia de Genipabu é muito linda, vale muito a pena conhecer!
David, Lani, vovó, Michelle (irmã), Tia Eleyde, eu, Josivan e minha mãezinha. Chegamos da praia, fomos pro apartamento de uma tia minha, tomamos banho e descansamos pouquíssimo e já estava na hora de vir embora. Fomos pra casa da minha avó (três ruas depois), nos despedimos e corremos pro aeroporto pra entregar o carro. (Ignorem a minha cara, está estranha mas era a única foto da despedida).
O aeroporto é muito longe, então foi em média 40min a 01h para chegarmos lá. Entregamos o carro às 22h, fizemos check-in e fomos esperar o voo sair (ele ia sair às 23:30h). Fomos na praça de alimentação comer (claro rs), e enquanto isso perdemos a noção da hora e QUASE PERDÍAMOS O VOO! Isso mesmo, não dava pra ouvir o microfone de anuncio da praça de alimentação (não me pergunte o motivo), e não nos ligamos na hora, foi preciso um rapaz da companhia aérea vir nos chamar, saímos muito apressados. Quando entramos pelo portão de embarque anunciaram apenas 3min para fecharem a porta do avião, corremos feito loucos! Hahahaha. Passamos pelo detector e quando chegamos na porta do avião foi por muito pouco. Graças a Deus todos os funcionários foram muitíssimo simpáticos, brincaram e riram da gente, e até perguntaram se a Lani já pensou em participar das Olimpíadas, pois ela foi a passageira mais rápida que eles já tinham visto. Latam (antiga TAM), seu atendimento do início até o fim foi espetacular! Não só por isso, mas por toda a experiência. E claro, quero muito viajar de avião de novo!!! Deu medo? Deu! Bateu o frio na barriga? Sim! Mas é ótimo, seguro, e muito mais cômodo, confortável, e bem menos cansativo. 

Obrigada por ler até aqui, não foi um post comum, mas gostaria muito de compartilhar com vocês esse final de semana divertido e muito maravilhoso! Eu sou acostumada a viajar para Natal (até então de ônibus), e inclusive já até morei lá, mas foi tudo novidade pro Josivan, Lani e David e eles amaram tudo! Eu não conhecia o cajueiro e Genipabu, e foi ótimo conhecê-los com pessoas tão especiais e importantes. E claro, espero que essa viagem tenha sido só a primeira do ano, lembram que no post de metas para o ano eu disse que queria viajar mais? Então, torçam pra que as coisas continuem nesse rítmo! Haha. Super beijo! 

Leia Também:

0 comentários