O alisamento do cabelo e o que vem depois.

dezembro 31, 2016

Foto: depoisdosquinze - Bruna Vieira.
Aderir ao alisamento não é uma tarefa fácil, se um cabelo sem alisamento já precisa de cuidados, um cabelo com ele ainda precisa de muito muito mais atenção. É extremamente difícil conseguir entrar em uma rotina e segui-la à risca, pelo menos pra mim sim. Porém, é exatamente isso que devemos aderir ao decidir cuidar dos cabelos. Os cabelos são uma das partes mais sensíveis do nosso corpo, e para nós mulheres ainda mais, por se tratar de cabelos grandes (em relação ao tamanho tradicional dos cabelos masculinos). Mesmo que seu cabelo tenha um corte curto, ainda assim é muito importante cuidar dos fios, desde a raiz até as pontinhas. Principalmente quando decidimos optar pelo alisamento, seja de qual tipo for, devemos ter cuidado em dobro. Hoje trouxe um esclarecimento melhor sobre alisamento, alguns tipos de alisamento e seus cuidados devidos e como sempre um comentário sobre a minha experiência com um alisamento.

O alisamento pode ser escolhido por diversos motivos, entre os mais comuns são: diminuir o volume e alisar. Eu faço texturização/definitiva já tem 07 anos, e eu faço para alisar, pois meu cabelo é super indeciso e não sabe se é liso ou ondulado, mas o problema maior é: volume. Meu cabelo tem um fio super grosso, e é extremamente volumoso. Como eu disse, pra mim é muito difícil montar uma rotina de cuidados com os cabelos e segui-la, e eu não o porquê. As consequências disso são: cabelos sem vida, quebrados, ressecados e com muita ponta dupla. 
Mas calma! Nem tudo é tão ruim assim e está perdido. Isso acontecia porque eu não cuidava nunca do meu cabelo. Recentemente eu decidi que iria realmente mudar isso. Retoquei o meu alisamento, fiz um corte aéreo (com a máquina) e retirei 90% das pontas duplas e aparei as pontas ressecadas. Vou testar alguns produtos novos e utilizar um cronograma capilar e depois trago alguns resultados pra vocês, mas só com o que eu já fiz melhorou muitíssimo. Infelizmente não tirei foto do antes dele pra mostrar.
Corte aéreo com a máquina, para eliminar as pontas duplas.
Mas e quanto aos alisamentos, quantos e quais são? Pra que servem? Agridem muito ao cabelo? Vamos lá...

Escova Progressiva:
É um alisamento indicado para cabelos volumosos ou muito cacheados. Para quem quer alisar, sem deixar aquele aspecto super liso. Ela diminui o volume e dá resultados de forma progressiva (é dai que vem o nome), pois a cada retoque o cabelo apresenta melhores resultados. Porém a cada lavagem o efeito diminui um pouco, e o retoque tem que ser feito em média a cada 3 meses. Fiquem de olho nos produtos com formol, pois são contraindicados pela ANVISA (agência nacional de vigilância sanitária).

Escova Definitiva:
Nessa técnica os fios não perdem o efeito a cada lavagem, o cabelo fica liso e o retoque tem que ser feito em média a cada 6 meses, de acordo com o crescimento da raiz do cabelo. A sua maior durabilidade é devido ao produto penetrar no fio do cabelo e mudar a estrutura interna. Indicado para quem quer um efeito super liso, quem tem fios muito grossos ou/e cabelos mega volumosos. Normalmente não é indicado para loiras, antes converse com seu cabeleireiro.

Escova Marroquina:
Bem parecida com a progressiva, porém com quase nada de formol. Sua composição é normalmente feita com produtos naturais como: argila e o óleo de cacau. Pra quem? Meninas com cabelos ondulados ou cacheados e para aquelas que também não querem ficar dias sem molhar ou amarrar o cabelo após fazê-la, como tem que ser no caso da progressiva ou definitiva e dá um aspecto mais natural. Ela também sai de acordo com as lavagens, mas consequentemente agride um pouquinho menos ao fio do cabelo. 

Escova Orgânica:
A versão completamente saudável da progressiva e livre de formol ou qualquer produto químico, indicada para todos os tipos de cabelo. Além de proporcionar mais brilho e hidratação para os cabelos, ainda diminui consideravelmente o volume dos fios sem deixar aquela aparência perceptível de alisamento. O retoque, como as outras, depende da quantidade de lavagens feitas e o crescimento do cabelo, vai girar em torno mais ou menos de 3 meses. 

Como obviamente dá pra perceber, a escova orgânica é a que promete agredir menos ao cabelo, porém eu nunca testei. Já testei a progressiva e meu cabelo não ficou tão liso e nem diminuiu tanto o volume quanto eu esperava, então cheguei a conclusão que para mim somente a definitiva que deixa o resultado que eu espero, pois se a progressiva não conseguiu esse resultado, dificilmente os alisamentos com menos química irão. Mas se você não quer um cabelo super mega baixo ou beeeem liso, os outros tipos podem servir para você.
Lembrando que a melhor opção é sempre consultar o seu cabeleireiro, pedir a opinião dele e antes de realizar qualquer procedimento o teste deverá ser feito em uma pequena mecha de seu cabelo para ver se ele aguenta. O recomendado também é que antes de qualquer procedimento químico, seu cabelo esteja o mais saudável e hidratado possível. 
Outro ponto que vale lembrar é: conheça o produto que vai passar em seu cabelo. Para mim, não há alisamento duradouro sem química, e mesmo que digam que tal escova tem ou não formol, eu sempre procuro garantir. A anvisa permite uma certa quantidade de formol (0,2%) nos produtos de alisamento, porém algum deles descaradamente passam dessa quantidade, então fiquem de olho! Também não é aconselhável que você mesma faça o alisamento em casa, é bom procurar um profissional experiente pois ele vai saber exatamente o que pode ou não fazer e como fazer. Pois os produtos químicos aplicados de forma incorreta, ou em tempo incorreto pode levar até a queda total dos cabelos. 

Algumas dicas válidas...
Se você já aderiu aos alisamentos, não aderiu, pretende ou não... Essas dicas são pra você! (ou seja, pra todos)

O que sempre é dito, e sempre será: alimentação saudável! Isso é tão óbvio e comum a ser dito, a alimentação saudável traz milhões e milhões de benefícios a todo o corpo, e isso inclui os cabelos. Coma muita fruta, verdura, feijão, fibras e tudo aquilo que é sempre dito e se encaixa em "saudável". E BEBA BASTANTE ÁGUA! Isso tudo vai melhorar todo o funcionamento do seu corpo. Em um post no blog da Am, o vacasmagras conta tudo o que você precisa comer para cada tipo de cabelo, confere lá.
Evite a chapinha e o secador constantemente. A temperatura alta agride muito ao fio, então evite esse contato constante. Outro ponto é, hidrate! Faça reconstrução! Dê as vitaminas e óleos que seu cabelo precisa! E antes de qualquer coisa, conheça-o. Tem um vídeo que eu andei assistindo esses dias que é muito interessante. Ele é do canal da BrunaTV e ela explica direitinho qual a deficiência do seu cabelo de acordo com as características que ele apresenta. Confira clicando aqui. Ela explica que se o seu cabelo já não está precisando de hidratação, por exemplo, e sim de reconstrução e você vai lá e taca uma hidratação com óleos que ele não precisa o fio acaba mais destruído e não recuperado. Então você tem que tratar o seu cabelo de acordo com a necessidade dele, saber o que está precisando e o que não está. No vídeo ela explica bem melhor.

E é isso, espero que gostem e aproveitem bastante. E se forem fazer ou já tiverem alisamento tomem sempre cuidado. Estou amando o canal da BrunaTv e seguindo várias dicas. Assim que os resultados começarem a surgir eu mostro melhor para vocês. Um super beijo!

Leia Também:

8 comentários

  1. Eu faço progressiva a 2 anos, e estou pensando seriamente em parar este ano e fazer um botox capilar (ouvi falsr que é maravilhoso!) E realmente fiz pir conta de volume, cabelos demandam muito cuidado, e não estava conseguindo mais manter. Nunca testei essas outras, mas morro de medo de testar a definita e ficar com um cabelo liso muito forçado.
    Adorei seu post e suas dicas.

    Www.simplesmentecriativa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A definitiva alisa bastante, principalmente dependendo do seu fio e do produto ele pode ficar bem "escorrido", e não tem volta... Não sai ao decorrer das lavagens, então onde foi passado produto o fio é definitivamente liso. Mas se tiver cuidado fica tudo certo. Hidratar, fazer reconstrução, aparar as pontas e coisas assim, então ele só vai ficar "forçado" se não for bem cuidado. Mas conversa antes com um cabeleireiro profissional, ele vai te indicar o melhor a ser feito. Eu particularmente gosto muito da definitiva e só faço ela.

      Excluir
  2. nunca fiz nenhum tipo de procedimento assim no cabelo, mas tenho varias amigas que fazem sim alisamento

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogotofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você se disponibilizar para cuidar super bem dele, vale a pena. Eu não me arrependo de ter feito. Só deveria, por muitas vezes, ter cuidado mais.

      Excluir
  3. Eu faço escova progressiva e cuido bastante do meu cabelo.
    Beijinhos

    www.ericacruz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma vez eu tentei a progressiva, não gostei muito :( Eu gosto do resultado da definitiva no meu cabelo, mas isso é muito relativo. Seu cabelo é lindo!

      Excluir
  4. Que post super completo! Adorei a escrita e a clareza de todas as informações. Meu cabelo é muito volumoso e eu não gosto. Eu amo fazer progressiva, me sinto muito melhor assim, só que não pude retocar no período certo e já faz um bom tempo que meu cabelo já não tá tão alisado e do jeito que eu gostaria. Infelizmente ainda bobeio no quesito secador e chapinha porque os uso demais, mas nada que um dia possa melhorar. Fiquei pensando seriamente na escova definitiva.
    Parabéns pelo post!
    Beijo

    De cara com a Juh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Juh, o bom do alisamento estar em dia é que dispensa com mais facilidade o uso da chapinha/secador. Eu também tenho esse mal de não estar sempre em dia com o alisamento, e sei como é chato. Mas nada que um esforcinho pra colocar tudo nos eixos não ajude haha. Beijão!

      Excluir